Menu Busca

Cursos Fipe

Econometria Aplicada: Séries Temporais Usando R (ON-LINE)
24 de maio de 2022
Saiba mais

Economia Aplicada ao Direito (ON-LINE)
8 de agosto de 2022
Saiba mais

Economia Comportamental: Conceitos e Aplicações (ON-LINE)
8 de agosto de 2022
Saiba mais

Temas de pesquisas

Desde a sua fundação, a Fipe realiza projetos e pesquisas para contratantes do setor público e do setor privado, em áreas como:

Agricultura

Estudos sobre preços, produtividade, emprego, tecnologia, fontes de energia renovável, oferta de alimentos, comércio exterior, incentivos creditícios ao custeio e comercialização, assentamentos e estímulos a agricultores de baixa renda, tributação, mercados futuros de grãos;

Análise de Conjuntura

Análise do comportamento da conjuntura econômica nacional e internacional, com discussão crítica sobre a consistência da orientação e resultados das políticas econômicas, projeções macroeconômicas;

Concessões e Parcerias Público-Privadas

Modelagem de contratos de concessão e parceria público-privada. Estudos sobre viabilidade econômico-financeira e reequilíbrio de contratos. Apoio aos setores público e privado em projetos da área;

Economia da Saúde

Efeitos das políticas sociais nas áreas de saúde e nutrição, índice de preços dos medicamentos, preço dos procedimentos médicos, do tratamento da Aids, entre outros;

Economia do Setor Público

Gestão de custos e eficiência na saúde, educação e segurança pública; desenvolvimento de parcerias público-privadas; avaliação de projetos para concessão de serviços públicos e de infraestrutura em geral; análise do equilíbrio econômico-financeiro de contratos de concessão e parcerias público-privadas; formulação de políticas de reequilíbrio econômico-financeiro;

Economia do Turismo

Estudos das características e dimensão do mercado de turismo interno e internacional no Brasil, investigação do perfil e dos gastos do emissivo e receptivo de turistas através de pesquisa de campo, elaboração de planos estratégicos para as localidades com potencial turístico e estudo do impacto econômico dessa atividade nas regiões de destino e no País;

Economia Financeira

Construção de índices financeiros, fatores de risco, custo médio ponderado de capital, estrutura a termo da taxa de juros, avaliação do valor de empresas, análise do fluxo de caixa, estrutura de capital, desenho de incentivos;

Economia Industrial

Estudos setoriais sobre produção, emprego, salários, produtividade, absorção e geração de tecnologia, formação de preços, estrutura tributária, grau de nacionalização, grau de competitividade interna e externa, formas de financiamento e nível de endividamento, estrutura de comercialização, análise de projetos, localização industrial, matriz de insumo- produto, formação de complexos industriais, projeções setoriais, regulação da concorrência;

Economia Internacional

Análise das pautas de exportação e importação, fluxos de capital, taxa de câmbio, diferencial de juros, composição e estrutura das tarifas aduaneiras, transferência de tecnologia, impactos de acordos comerciais;

Economia Monetária

Estudos sobre o Banco Central e seu relacionamento com o setor bancário e financeiro, estrutura de taxas de juros, dívida mobiliária do governo, agregados monetários, reformulação do sistema financeiro e sua adequação para o financiamento da economia;

Economia Regional e Urbana

Estudos sobre disparidades regionais, processo de urbanização, desenvolvimento regional, distribuição espacial da pobreza, estrutura de incentivos regionais, modelos econométricos de insumo-produto, modelos de equilíbrio geral computável, projeções regionais, impactos espaciais de políticas econômicas;

Energia e Meio Ambiente

Análise da matriz energética brasileira, investimentos em energia e a preservação do meio ambiente (com ênfase no setor elétrico), alternativas energéticas renováveis e não- renováveis, impacto dos investimentos públicos sobre o meio ambiente urbano, regulação;

Finanças Públicas

Estudos sobre sistema tributário, previdência social, despesas públicas, federalismo fiscal e a transferência de recursos orçamentários, déficit público (origem e financiamento), dívida pública (composição e financiamento), previsão orçamentária;

Mercado de Trabalho

Pesquisas sobre educação e formação de recursos humanos, dinâmica populacional (crescimento vegetativo e migrações), estrutura ocupacional, escalas salariais, indexação de salários, condições de trabalho, relações trabalhistas, organização sindical, encargos sociais, nutrição, previdência social, seguro desemprego, elaboração da classificação brasileira de ocupações (CBO) e acompanhamento do mercado de trabalho com indicadores de emprego e salário;

Mercado Imobiliário

Estudos e indicadores sobre a evolução dos preços, dos fundamentos e das características do mercado imobiliário no Brasil. A Fipe tem convênios e parcerias com diferentes atores do mercado, incluindo associações de registradores imobiliários e de incorporadoras e, assim, acesso a diferentes e ricas bases de dados que permitem uma leitura profunda e única do mercado. A atuação da Fipe se dá também no apoio ao poder público na elaboração ou revisão de plantas genéricas de valores;

Políticas Sociais

Quantificação e origens da pobreza no Brasil, educação, nutrição, habitação, transportes, uso de tarifas sociais para serviços de utilidade pública, ajuda previdenciária, seguro-desemprego, avaliação de políticas e programas sociais em geral;

 

INDICADORES

A Fipe realiza levantamentos de dados primários para a elaboração de índices, tabelas de preços médios e de quantidades de uma série de variáveis econômicas. Alguns exemplos:

Indicadores do Mercado de Trabalho

O Salariômetro é uma iniciativa inédita, que acompanha todas as negociações coletivas realizadas no Brasil desde 2007. Além disso, o Salariômetro possui uma pesquisa salarial que disponibiliza a distribuição dos salários médios e medianos para cada uma das 2.658 ocupações da Classificação Brasileira das Ocupações (CBO), desagregada segundo os cinco setores: indústria, construção civil, comércio, serviços e agropecuária. A ferramenta informa os salários dos contratados e também dos desligados, oferendo o quadro completo da evolução salarial dentro das organizações;

Indicadores do Registro Imobiliário

Acompanha a dinâmica das operações imobiliárias nas principais cidades brasileiras, tendo como fonte de dados o registro de imóveis, isto é, as informações oficiais e registradas;

Índice de Preços de Imóveis Anunciados

Esse índice acompanha o preço médio de venda do metro quadrado de apartamentos prontos em 50 municípios brasileiros, com base em anúncios da internet. Trata- se do primeiro e mais amplo indicador de preços do mercado imobiliário residencial no País;

IPC - Índice de Preços ao Consumidor

O índice de Preços ao Consumidor do Município de São Paulo é o mais tradicional indicador da evolução do custo de vida das famílias paulistanas e um dos mais antigos do Brasil. Começou a ser calculado em janeiro de 1939 pela Divisão de Estatística e Documentação da Prefeitura do Município de São Paulo e, em 1968, a Prefeitura do Município de São Paulo transferiu a responsabilidade do cálculo para o Instituto de Pesquisas Econômicas da USP e para a Fipe, a partir de sua criação em 1973. Em razão de seu uso como um dos mais importantes indexadores de contratos, em 1986 seu cálculo passou a ser quadrissemanal, com divulgação semanal. O IPC-Fipe é calculado para famílias com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. Outros recortes do IPC são o IPC 60+, que mede o custo de vida das famílias que tenham membros com idade acima de 60 anos, e o IPC FX que mede o custo de vida das famílias de renda mensal entre 1 e 3 salários mínimos, entre 3 e 8 e acima de 8 salários mínimos;

Preço Médio de Mercado de Veículos

A Fipe levanta e publica preços médios praticados no mercado de veículos de passeio, utilitários, motos e caminhões em todo o território nacional. Esses preços são utilizados como referência por seguradoras e nos contratos de compra e venda de veículos. A Fipe também presta esse serviço para estados da federação, para servir de base de cálculo na cobrança do IPVA;

Sistema de Índices de Preços de Obras Públicas (IPOP)

Este sistema gera um conjunto de índices de preços para entidades públicas estaduais e municipais. São elaborados pela Fipe desde 1974 e utilizados no reajustamento dos valores de contratos de obras que as empresas privadas executam para a administração do Estado de São Paulo e de outros estados da federação. Além desses índices, são elaboradas tabelas de preços médios de insumos de obras públicas para várias entidades;

Outros Índices

A Fipe elabora outros índices e tabelas de preços para entidades de classe e órgãos do governo, tais como: preços de produtos eletroeletrônicos; preços de bebidas no varejo; preços em supermercados; preços no varejo; preços ao consumidor em outros municípios. Elabora também índices de atividade econômica setorial e regional.